ABC do Feminismo Artigos Uncategorized

ABC DO FEMINISMO | Gap Salarial

 

 

Neste episódio do ABC do feminismo, Aline Rossi fala-nos sobre o gap salarial entre homens e mulheres.

Nas últimas décadas milhões de mulheres entraram no mercado de trabalho a ganhar menos que os homens. Os anos foram passando e ainda hoje continuam a ganhar menos por trabalho/cargo igual aos homens. Se as mulheres recebem menos que os homens no local de trabalho, as injustiças não se ficam por aí. Depois de um longo dia de trabalho, as mulheres têm ainda de desempenhar um outro trabalho, desta vez não remunerado: o trabalho reprodutivo ou, vulgo, trabalho doméstico. Cuidar dos filhos, da casa, dos mais velhos são as tarefas que lhes recaiem sobre os ombros, enquanto ao homem a sociedade patriarcal não lhe exige. No final do dia, a mulher não desempenhou apenas uma jornada de trabalho, mas duas e, não poucas vezes, três. A imagem de um homem que chega a casa depois do trabalho e que se senta em frente à televisão a beber uma cerveja para descontrair enquanto a mulher, que também chega a casa depois do trabalho, fica na cozinha a fazer o jantar não pertence ao passado. Para mudar a realidade, é necessária uma maior consciencialização através da criação de instituições que dividam o salário doméstico entre o agregado familiar, como creches públicas e democráticas, lares, lavandarias e por aí fora. Uma realidade que deve ser confrontada de forma colectiva e não simplesmente na realidade familiar, ainda que esta seja muitas vezes o primeiro plano.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s